You are currently browsing the tag archive for the ‘tradução’ tag.

Avril Ramona Lavigne nasceu dia 27 de setembro de 1984 em Belleville, poucos anos depois mudou-se para Napanee, uma pequena cidade em Ontário no Canadá.

Desde pequena já demonstrava um enorme talento para música cantando em igrejas e festivais de sua cidade, até mesmo em casa que foi quando recebeu o apelido de “pequeno pássaro cantante” de sua mãe.

Ainda pequena, Avril ganhou um concurso de música de uma rádio local podendo assim, fazer um dueto com a cantora Shania Twain aonde se apresentou publicamente.

Após gravar o CD “Quinte Espirit”, Lavigne se aventurou e foi mais além se mudando para Nova York, deixando para trás a família e toda uma vida em Napanee. Chegando lá a moça conseguiu um contrato com LA Reid que ao ouvir a rockstar assinou o contrato de imediato.

Trabalhando cansativamente, a loirinha rejeitava a ajuda de produtores indicados por Reid pois queria escrever suas proprias músicas. Avril pegou novamente a estrada e foi parar em Los Angeles aonde teve seu primeiro contato com o rock aos 16 anos.

Conhecendo o novo estilo musical ela deixou de lado o country e gospel. Depois de todas as músicas compostas o CD estava pronto para ser lançado com o nome de “Anything But Ordinary”, mas antes mesmo do disco chegar as lojas o mesmo foi trocado para “Let Go”, como conhecido atualmente. Seu primeiro single foi “TocarComplicated” e surpreendeu a todos com tamanho sucesso, mantendo-se durante 5 semanas em 1º lugar nas vendas britânicas. Sites, revistas, televisão e todos os meios de comunicação apontavam o nome da nova estrela do rock, a menina de 17 anos chamada Avril Lavigne.

Seu segundo single chegou em outubro, “Sk8ter Boi”. Junto com ele vinha o título de Sk8ter-girl além de vários prêmios como “Artista Revelação” no VMA, aonde se apresentou com “Complicated”. 8 milhões, esse foi o número de cópias que “Let Go” vendeu antes mesmo de 2003 ganhando 4 discos de platina.

Chegando então o novo ano, Avril foi indicada a vários prêmios importantes: Indicação ao Grammy com “Artista Vocal Feminino”, “Melhor Artista Revelação”, “Música do Ano”, “Melhor Performance Vocal Rock Feminino” e “Melhor Álbum Vocal pop”. Mesmo com tantas indicações e com o inicio de sua turnê “Try To Shut Me Up Tour” Avril não levou nenhum prêmio do festival.

TocarI’m With You” e “TocarLosing Grip ” seus últimos singles foram lançados com o espaço entre eles de 1 mês. Abril chega com a regravação de “TocarKnocking on Heavens Door”, de Bob Dylan para o CD “Peaces Songs” para ajudar crianças vítimas da guerra como mostra o próprio video da música feito pela ex sk8ter-girl.

Indicações e mais indicações para Avril a fazem levar 4 dos 5 prêmios dos quais disputou no Juno Awards e ainda pouco tempo depois gravar “Fuel” em homenagem a banda metálica para “MTV Incon”. Junto com a filha de Ozzy Osbourne, Kelly, Avril apresentou o VMA 2003.

Antes do inicio de 2004 Lavigne lança em novembro seu primeiro DVD. No ínicio do ano seguinte o primeiro single do novo álbum vaza na internet o chamado “TocarDon’t Tell Me”. Em 25 de maio é lançado o novo e tão esperado CD “Under My Skin” mostrando uma nova Avril aos fãs. Antes do mesmo acontecimento Lavigne faz uma mini turnê por shoppings acompanhada de Evan, para divulgar o mesmo. Jesse anuncia que sairá da banda para dar lugar a Craig Wood ex-participante da banda Gob.

Voltando as acontecimentos de 2004, Avril é tirada do ar durante um programa da MTV ao mostrar seu dedo para as câmeras. Enquanto isso o novo álbum da loirinha já estourava em todo mundo. Em apenas uma semana já era disco de platina no Japão e a parada britânica, Billboard, registrava a vendagem de 3 milhões de cópias ocupando a primeira posição.

Mal voltara a mídia e a rockstars já era vítimas de boatos sobre sua vida pessoal e amorosa, que envolvia o vocalista da banda Sum 41, Deryck Whibley. Após “Don’t Tell Me” chega as lojas o segundo e o terceiro single do álbum “UMS”, “TocarMy Happy Ending” e “TocarNobody’s Home” respectivamente. O CD “Under My Skin” após 3 semanas alcança 50 mil cópias no Brasil. Chega outubro e os boatos sobre a privacidade da cantora aumenta, após ela ser vista recebendo um anel de Deryck em um estacionamento de supermercado.

TocarFall to Pieces” e “TocarHe Wasn’t” são os últimos singles lançados e após tantas especulações vem a confirmação de que a faixa 10 do álbum de Avril Lavigne não teria clipe. Mais um ano fechado com chave de ouro por Avril que durante o mesmo ganhou dentre tantos o premio “Melhor Artista Canadense”, no Much Music Awards 2004.

O ano de 2005 chegava trazendo váris surpresas, como o lançamento de “He Wasn’t” que se segurou mais tempo que “Complicated” nas paradas. O DVD com clipes e fotos chega após o lançamento do Dual Disk de “UMS” com todas as faixas normais do CD adicionada com 4 faixas bônus cantadas ao vivo.

As surpresas continuam e desta vez a loirinha faz um incrível dueto com Alanis Morissette, no American Express Concert. Os boatos não param e desta vez eles dizem quem Avril estaria na lista para ser capa da revista “Playboy” que logo é provado o contrário e a animação dos fãs brasileiros sobre a possível chance de Lavigne vir se apresentar no país.

Especulações da saída de Matt Brann, o único integrante da primeira formação da banda, é seguida da pegadinha do programa Punk’d aonde a rockstar “causa” um acidente e é acusada pela dona do veículo. Os acontecimentos não param e Avril é flagrada saindo bêbada e fumando da famosa boate Spider Club com as amigas. Lavigne diz sim ao noivado com o vocalista da banda Sum 41 após ser flagrada aos beijos com o rapaz em Veneza.

Os meses passam e a confirmação dos shows no Brasil chegam. Bilheterias com ingressos esgotados, jovens enlouquecidos para o tão esperado dia, o show da ex sk8ter girl, na turnê “The Bonez Tour”. 21, 23, 24, 25 respectivamente em Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, esses são os dias e locais da apresentação da loirinha. Avril encerra sua turnê com chave de ouro no Brasil atingindo seu maior público em São Paulo, 40 mil pessoas, e apos dois dias ela completa 21 anos de idades no dia 27 de setembro.

Em novembro a ela assina contrato com a agência de modelos Ford Model e surpreende a todos com fotos como nunca havia sido vista antes. No mesmo mês ela confirma a participação em dois filmes: “Over the Hedge” aonde iria dublar a pequena Heather e a atuação no filme “The Flock”. Em dezembro, é lançado apenas no Japão o DVD “Live at Budokan”.

2006 começa e Lavigne participa da camapanha Youth AIDS mostrando mais uma vez que pe uma pessoa solidária como mostrou gravando “Imagine” (música que ainda não foi disponibilizada ao público) no ano em que se passou em prol dos direitos humanos.

Com mais um projeto no cinema, desta vez a cantora se envolve com o filme “Fast Food Nation”. Avril fecha as olimpíadas de inverno em Turin com um show acústico. Sempre flagrado juntos Lavigne e Deryck decidem se casar no dia 15 de julho com uma cerimônia secreta que surpreende a todos, e o casal sai de lua de mel passando por vários países.

A moça some das lentes da mídia durante alguns tempos e volta com a aparição em revistas como Nylon e em uma revista espanhola para promover jóias.

Setembro chega e os shows inesquecíveis de Avril No Brasil completam 1 ano e ela completa 22 anos provando que já não é mais a mesma garotinha de antes, agora casada, de novo estilo e com planos fervendo para o novo CD que trará a loirinha à cena musical novamente. Apartir daí, uma nova fase começa na vida de Avril. O novo disco, um dos mais aguardados de 2007 é entitulado “The Best Damn Thing” e seu primeiro single chama-se “TocarGirlfriend”.

Agora sob a mira dos paparazzis, Avril volta definitivamente à estampar capas, matérias e artigos, todos citando o novo àlbum. Em janeiro, Avril foi ao telhado da boate Vipper Room, para fazer um ensaio de fotos, à frente de um painel com o nome de seu novo trabalho, o que poderia ser o ensaio do encarte. Porém, alguns paparazzis registraram a cena, o que provocou um tumulto. Algumas semanas depois, Avril aparece em entrevistas na televisão, falando sobre sua nova música, porém, o que chamou atenção foi uma mecha rosa entre o cabelo louro da canadense. E então, mais recentemente, a capa de “The Best Damn Thing” foi publicada na internet, revelando um cenário simples, completamente diferente do telhado da Vipper Room.

Depois de lançado o primeiro single do seu novo álbum, Avril retorna as capas de revistas com ensaios bélissimos. Fevereiro é marcado pelo lançamento do seu videoclipe, “TocarGirlfriend”, no qual vemos três Avril: uma nerd, uma punk e uma avril real, além de conter uma pequena coreografia, algo atípico em Lavigne. Março chega com um show exclusivo para alguns sortudos.

O show rolou em Calgary – Canadá e leva os fãs da loirinha a loucura, pois a mesma canta sete músicas inéditas do seu novo álbum. Mais para frente, Avril Lavigne se supera e grava o seu, até então, mais novo singles em oito idiomas: francês, inglês, alemão, italiano, mandarim, português, espanhol e japonês. No mês seguinte, Avril lança, no site Itunes, uma b-side do seu novo álbum, a música leva o nome de “I Will Be”. Para loucura dos fãs, o “The Best Damn Thing” vaza na internet. Posteriormente, Avril é capa de várias e várias revistas, incluindo a Arena, Seventeen, Bravo, Smack!, entre outras.

O 2° single de “The Best Damn Thing” é “TocarWhen You’re Gone”, lançado em junho. Com um clipe e uma melodia muito sentimental, Lavigne conquista rapidamente o público. Completa-se um ano de casamento de Avril e Deryck. Mais para frente, com o suscesso do hit “Girlfriend”, Avril faz uma parceria com a rapper, Lil’ Mama, e é lançado o videoclipe “Girlfriend (Remix) Ft. Lil’ Mama”.

Avril é acusada de plágio pelas canções “Girlfriend”, “TocarContagious” e “TocarI Don’t Have to Try”. Ainda em dezembro de 2007 Avril lança seu novo single “TocarHot”, com um clipe mais sensual Lavigne supreende os fãs novamente.

Em Janeiro de 2008 a banda The Rubinoss inocenta a Avril das acusações após um acordo. E Chantal que acusou a Avril de plagio por “Contagious” se desculpa pelo incidente pelo fato de não ser a mesma musica.

Novos rumores surge da chegada do tão esperado tour “The Best Damn Thing” no Brasil,e é confirmado que Lavigne fará 3 shows no Brasil. Rumores que Lavigne esteja grávida mais logo e desmentido pelo própria Avril Lavigne.


Tomorrow (tradução)

Avril Lavigne

Composição: Avril Lavigne

Amanhã

E eu quero acreditar em você
Quando você diz que tudo ficará bem
Sim, eu tento acreditar em você
Mas eu não consigo

Quando você diz que vai ser de um jeito
sempre acaba ficando de outro
Eu tento acreditar em você
apenas não hoje, hoje, hoje, hoje, hoje

[refrão]
E eu não sei como vou me sentir
Amanhã, amanhã
E eu não sei o que dizer
Amanhã
Amanhã é um dia diferente

Você sempre teve vantagem,agora está mudando
Quem tem a vantagem sou
Eu vou fazer o que eu tenho que fazer
Apenas não

Me dê um pouco de tempo
Me deixe sozinha por um tempinho
Talvez não seja muito tarde
Não hoje, hoje, hoje, hoje, hoje

[refrão]
E eu não sei como vou me sentir
Amanhã, amanhã
E eu não sei o que dizer
Amanhã
Amanhã é um dia diferente

Hey, sim, sim
Hey, sim, sim
E eu sei que eu não estou preparada
Hey, sim, sim
Hey, sim, sim
Talvez amanhã
Hey, sim, sim
Hey, sim, sim
Eu não estou preparada
Hey, sim, sim
Hey, sim, sim
Talvez amanhã

E eu quero acreditar em você
Quando você me diz que isto estará bem
Sim, eu tento acreditar em você
Não hoje, hoje, hoje, hoje, hoje

Amanhã isso pode mudar
Amanhã isso pode mudar
Amanhã isso pode mudar
Amanhã isso pode mudar

Ouvi esta musica na Last-FM, e não sei porque, mas deu uma vontade de por aqui, aproveitei e deixei um post com o Artista do dia… Esta musica vai para alguém, se esse alguém passar por aqui, saberá que a musica é para você…

Até mais pessoal..

Cyndi Lauper

Cyndi Lauper

Cyndi Lauper gravou seu primeiro álbum 1980 ao lado da Banda Blue Angel, que logo se desfez. Em 1983 foi lançado seu primeiro álbum solo, She’s So Unusual, que viria a lhe dar notoriedade em todo o mundo. O álbum vendeu 300 mil cópias no Brasil e 16 milhões no resto do mundo. O primeiro single, “Girls Just Want To Have Fun”, atingiu o topo das paradas chegando a se tornar um hino da geração MTV. Contudo, foi com o segundo single, “Time After Time”, que Cyndi Lauper atingiu o primeiro lugar nos mais diversos países. Logo depois vieram “All Through The Night”, “She Bop”, “Money Changes Everything”, e ela passou a ser conhecida no mundo inteiro, seus clipes eram exibidos com exaustão na MTV, suas músicas no rádio, enquanto seu estilo nada convencional era copiado por adolescentes da época. Todo esse sucesso lhe rendeu o Grammy de 1984, na categoria “melhor cantora revelação”.

Cyndi participou em 1985 do filme “Os Goonies”. A trilha sonora do filme traz duas canções dela: “The Goonies ‘r’ Good Enough” e “What a Thrill”. A primeira canção saiu em single e atingiu boa colocação nas rádios. Nesse mesmo ano, ela foi convidada para participar do projeto USA for Africa, liderado por Michael Jackson, onde vários artistas se reuniram e gravaram a música We are the world, no contexto de arrecadação de fundos para ajudar as crianças carentes da África.

No no ano seguinte, 1986, Cyndi lançou seu segundo álbum, True Colors. A música título do álbum atinge o #1 em diversos países; no Brasil, o álbum chegou a vender mais de 250 mil cópias. Deste álbum foram lançados como single as faixas “True Colors”, “Change Of Heart”, “What’s Going On”, “Boy Blue” e “Maybe He’ll Know”. Cyndi saiu em turnê com a True Colors World Tour, e em 1987 lançou o vídeo “Cyndi Lauper in Paris”, com um “show” gravado na França. Em 1988 Cyndi estréia no cinema com o filme “Vibes”, por ela protagonizado. A música “Hole in My Heart”, gravada no mesmo ano e lançada como single, faz parte da trilha sonora do filme.

Em 1989 saiu o terceiro álbum de Cyndi, A Night To Remember. O primeiro single, “I Drove All Night”, logo tornou-se um sucesso. Porém o álbum não se saiu tão bem como seus dois anteriores. Os singles seguintes: “My First Night Without You”, “A Night To Remember” e “Heading West” não emplacaram, e os números de vendagem do álbum estiveram bem longe de atingir os de seus dois primeiros álbuns. Mesmo assim, Cyndi saiu em turnê mundial, e passou pelo Brasil, onde se apresentou no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. “A Night To Remember” vendeu 4,5 milhões de cópias mundo afora, sendo 100 mil apenas no Brasil.

Em 1990 Cyndi conheceu o ator David Thornthon nas gravações de seu segundo filme, “Fora de Controle”. No ano seguinte, ela se casou com ele. Em 1992, ela lançou o single “The World is Stone” somente na Europa, onde a música chegou a ser bastante tocada. Na França atingiu o primeiro lugar.

Em 1993 Cyndi lançou seu quarto álbum, Hat Full Of Stars, o álbum “preto e branco”. Essa obra mostra a todos uma Cyndi até então desconhecida: nada de cabelos coloridos e visual espalhafatoso; entrou em cena uma cantora mais introspectiva e séria. Apesar de o álbum ter sido muito bem aceito pela crítica, elogiado, e considerado o melhor trabalho de Cyndi Lauper, ele não se saiu bem nas vendagens. Nele, Cyndi compôs todas as músicas, e assinou a produção juntamente com o Dj Junior Vasquez. Apesar das boas críticas, o álbum vendeu 2 milhões de cópias no mundo e apenas 20 mil no Brasil.

Em 1994 foi lançada a coletânea de sucessos de sua carreira: Twelve Deadly Cyns… and then some. Além dos singles, foram incluídas as inéditas “Come on Home” e “Hey Now (Girls Just Wanna Have Fun)”, esta última uma regravação de “Girls Just Want To Have Fun” que marcou a volta de Cyndi ao seu estilo “unusual”. Cyndi apareceu no clipe do Hey Now com o cabelo amarelo e um chapéu vermelho, ao lado de inúmeras Drag Queens). A coletânea vendeu bem, e Hey Now, lançada como single, foi bastante executada nas rádios. A música também foi tema do filme “Para Wong Foo, Obrigada por Tudo! Julie Newmar”.Em 1995 Cyndi participou de alguns episódios do seriado Mad About You, a sua excelente atuação lhe rendeu um prêmio Emmy. O álbum que recolocou Cyndi nas paradas de sucesso mundiais. Mais de 7 milhões de cópias foram vendidas, e o disco se tornou o seu álbum mais vendido no Brasil: 500 mil cópias. Só na Inglaterra foram 600 mil cópias, e outras 500 mil no Japão.

Passados dois anos, Cyndi lançou em 1997 seu quinto álbum, Sisters Of Avalon. Neste trabalho Cyndi flerta com novas influências e estilos musicais, um trabalho que passa pelo rock, dance, folk, jazz e até world music. Novamente as composições são todas assinadas por Lauper, e a produção fica por conta de Cyndi Lauper, Jan Pulsford e William Wittman. Mesmo sendo um trabalho excelente e inovador, ele não emplacou, pois a vendagem foi baixa, e nem chegou a ter alguma música de sucesso. A única música a ser tocada, e pouco, nas estações de rádio, foi “You Don’t Know”. Cyndi anunciou sua gravidez, e mesmo estando grávida, saiu em turnê juntamente com Tina Turner. No mesmo ano Cyndi tornou-se mãe, e nasceu Declyn Wallace Lauper Thornthon.

Em 1998 Cyndi lançou o álbum natalino Merry Christmas… Have A Nice Life, que traz, além de clássicos natalinos como Silent night e Rockin’ around the chistmas tree, também apresenta músicas da autoria de Cyndi, tais como “December Child” e uma canção de ninar feita para seu filho Declyn. Este foi o último álbum de Cyndi Lauper pela Epic Records, subsidiária da Sony Music, e após uma intensa divergência entre artista e gravadora que se iniciou no começo da década de 90, o contrato de Cyndi com a Sony Music chegava ao fim. No ano seguinte, Cyndi participou do filme “Os Oportunistas”, onde contracenou com o ator Christopher Walken. No mesmo ano, ela lançou o single “Disco Inferno”, pela Jellybean Records, que fez parte da trilha sonora do filme “Os Estragos de Sábado à Noite”, e lhe rendeu uma indicação ao Grammy de 1998.

Em 2000, Cyndi compôs a música “I Want a Mom that Will Last Forever” para a trilha sonora do filme “Os Anjinhos em Paris”. No ano seguinte estava tudo pronto para o lançamento do novo álbum de Cyndi Lauper, Shine, que sairia pela Edel Records, quando os ataques terroristas de 11 de setembro fizeram com que o lançamento do álbum fosse adiado, sem data prevista para um lançamento futuro.

Em 2002 Após o lançamento do álbum ser cancelado, Cyndi resolveu lançar um EP com quatro faixas extraídas do álbum não-lançado: “Shine”, “Its Hard To Be Me”, “Madonna Whore” e “Water’s Edge” e mais uma versão remix de “Shine”. O EP foi lançado pela Oglio Records e pela Rella Music. Nesse mesmo ano Cyndi saiu então em turnê juntamente com a cantora Cher e sua “Farewell Tour”.

No início do ano de 2003 foi lançado o single Shine Remixes. No mesmo ano, Cyndi voltou para a “Sony Music”, e em novembro lançou At Last, um álbum apenas de releituras de clássicos da música. Estão nele “Don’t Let me Be Misunderstood”, “Walk on by”, “If you go away” e até “La vie en rose”. O álbum foi super bem aceito, e estreou em #38 na Billboard, posição, aliás, muito boa se levado em conta as estréias dos últimos álbuns de Cyndi. A última melhor posição foi de A Night To Remember, em 1989. Pelos arranjos da música “Unchained Melody”, Cyndi recebeu uma indicação ao Grammy. No fim do ano, Cyndi iniciou nos EUA a “At Last Tour”, turnê que passou pela Europa, Canadá, Japão e Austrália. “At Last” vendeu 1,5 milhão de cópias.

Em 11 de março de 2004 foi gravado na clássica casa de shows “Town Hall”, em Nova York, o DVD Live… At Last. Numa apresentação impecável, Cyndi interpretou seus maiores sucessos e músicas do álbum At Last. Ao lado de Patti LaBelle e Debbie Harry, a cantora participou do VH1 Divas Live, em Las Vegas, evento promovido anualmente pelo canal americano VH1;

Cyndi Lauper lançou em novembro de 2005 o álbum “The Body Acoustic”. Um álbum de releituras, só que desta vez, acompanhado de grandes nomes da música: dele participam Sarah McLachlan, Ani DiFranco, Shaggy e Adam Lazzara, entre outros. Ela regravou em versão acústica seus maiores sucessos, e as inéditas do álbum foram “I’ll Be your River” e “Above the Clouds”.

Em 2006 Cyndi participou do espetáculo da Broadway “The Threepenny Opera” (A Ópera dos Três Vinténs), ao lado de Alan Cumming, Jim Dale, Anna Gasteyer e Nellie McKay. Ela interpretou a prostituta Jenny, papel que lhe rendeu grande destaque e indicação ao “Tony Awards”.

Em 2007, sai em turnê pelos EUA com a True Colors Tour, tendo como objetivo a arrecadação de fundos para a “The Human Rights Campaign”, uma ONG que defende os direitos dos homossexuais. Ao total são 15 shows e ela conta a com colaboração de Erasure, Debbie Harry, The Dresden Dolls, The Gossip and Misshapes, Margaret Cho & Rufus Wainright.

E após 13 anos sem fazer shows no Brasil, Cyndi Lauper voltaria ao país em uma única apresentação na casa de shows Credicard Hall, em São Paulo, no dia 2 de outubro de 2007. Mas não ouve show algum.

Cindy promete lançar seu novo album em março/abril de 2008. Disse que o album estaria pronto após o 50th Grammy Awards, no qual Cindy apresentou uma categoria.

True Colors

Cyndi Lauper

Composição: Indisponível

You with the sad eyes
Don’t be discouraged
Oh I realize
It’s hard to take courage
In a world full of people
You can lose sight of it all
And the darkness inside you
Can make you feel so small

But I see your true colors
Shining through
I see your true colors
And that’s why I love you
So don’t be afraid to let them show
Your true colors
True colors are beautiful,
Like a rainbow

Show me a smile then,
Don’t be unhappy, can’t remember
When I last saw you laughing
If this world makes you crazy
And you’ve taken all you can bear
You call me up
Because you know I’ll be there

And I see your true colors
Shining through
I see your true colors
And that’s why I love you
So don’t be afraid to let them show
Your true colors
True colors are beautiful,
Like a rainbow

I can’t remember
When I last saw you laughing
If this world makes you crazy
And you’ve taken all you can bear
You call me up
Because you know I’ll be there

And I see your true colors
Shining through
I see your true colors
And that’s why I love you
So don’t be afraid to let them show
Your true colors, true colors
True colors are shining through
I see your true colors
And that’s why I love you
So don’t be afraid to let them show
Your true colors
True colors are beautiful,
Like a rainbow


Wherever You Will Go (tradução)

The Calling

Composição: The Calling

Onde Quer Que Você Vá

Ultimamente, tenho pensado
Quem estará lá para ocupar meu lugar
Quando eu for, você vai precisar de amor
Para iluminar as sombras em seu rosto
Se uma grande onda caísse
E caísse sobre todos nós
Então entre a areia e a pedra
Você poderia fazer isto sozinha

(Refrão)
Se eu pudesse, então eu iria
Eu iria para onde você for
Muito lá em cima ou lá embaixo
Eu iria para onde você for

E talvez, eu vá encontrar
Um jeito de voltar algum dia
Para te assistir, para te guiar
através da escuridão de seus dias

Se uma grande onda caísse
E caísse sobre todos nós
Então eu espero que tenha alguém lá fora
Que pode me levar de volta a você

Se eu pudesse, então eu iria
Eu iria para onde você for
Muito lá em cima ou lá embaixo
Eu iria para onde você for

Fuja com meu coração
Fuja com minha esperança
Fuja com meu amor

Agora eu sei, perfeitamente como
Minha vida e meu amor poderão continuar
Em seu coração, em sua mente,
Eu ficarei com você por todo o tempo

Se eu pudesse, então eu iria
Eu iria para onde você for
Muito lá em cima ou lá embaixo
Eu iria para onde você for

Se eu pudesse voltar o tempo
Eu iria onde você for
Se eu pudesse fazer você ser minha
Eu iria onde você for
Eu iria onde você for

Bon Jovi

Bon Jovi

O líder e vocalista Jon Bon Jovi (John Francis Bongiovi) começou a tocar piano e guitarra aos 13 anos, aprendendo músicas de Elton John. Com a mesma idade, Jon fundou sua primeira banda, chamada Raze. Aos 16 anos Jon conheceu David Bryan (David Bryan Rashbaum) no colégio (Sayreville War Memorial High School). Os dois fundaram uma banda de R&B cover chamada Atlantic City Expressway. Eles tocaram em clubes de New Jersey mesmo sendo menores de idade. Ainda na adolescência, Jon tocou na banda Jon Bon Jovi and the Wild Ones.

Durante o verão de 1982, fora da escola e em empregos temporários — incluindo trabalho em uma loja de sapatos — Jon finalmente conseguiu um emprego na PowerStation Studios”, uma gravadora de Manhattan, da qual o co-dono era seu primo Tony Bongiovi (que trabalhou com bandas como Aerosmith, Ramones e Talking Heads).Jon fez várias demonstrações de músicas (incluindo uma produzida por Billy Squier) e as enviou para muitas outras gravadoras, mas não obteve sucesso.

Aos 19 anos, Jon teve sua primeira experiência com gravação. A música gravada foi “R2-D2 We Wish You a Merry Christmas”, de Meco Monardo e Daniel Oriolo, em um disco de Natal de Star Wars, Christmas in the Stars, produzido por Tony Bongiovi.

Em 1983, a rádio local WAPP 103.5FM “The Apple” fez um concurso, junto à St. John’s University, para eleger a melhor banda desconhecida. Jon Bon Jovi tocou com músicos de estúdio em “Runaway” (que foi escrita em 1980). Depois de vencer o concurso, a música se tornou um sucesso imediato no verão de 1983. Os músicos de estúdio que ajudaram Jon a gravar “Runaway” são conhecidos como “The All Star Review” e eles são Tim Pierce (guitarra), Roy Bittan (teclados), Frankie LaRocka (bateria) e Hugh McDonald (baixo).

Jon agora precisava urgentemente de uma banda. Os futuros membros do grupo tinham se cruzado no passado, mas a formação atual não se juntou até março de 1983. Jon ligou para David Bryan, que chamou Alec John Such e Tico Torres.

Uma série de guitarristas passaram (incluindo Dave “the Snake” Sabo, futuro membro do Skid Row), até que Richie Sambora se juntou. Such falou para Jon deixar Sambora mostrar o que podia fazer, e Jon adorou. Antes de entrar na banda, Sambora excursionou com Joe Cocker, tocou com um grupo chamado Mercy e também foi chamado para um teste para o Kiss. Ele também tocou no álbum Lessons com a banda Message, que foi lançado em CD pela Long Island Records em 1995. O Message originalmente assinara com a Swan Song (do Led Zeppelin), porém um álbum nunca foi lançado.

Tico Torres também era um músico experiente até então. Ele gravou com Miles Davis e tocou ao vivo com The Marvelettes e Chuck Berry.

David Bryan era um recruta natural. Ele saiu da banda que ele e Jon fundaram no colégio, e saiu do colégio para entrar na Juilliard School, a famosa escola de música.

Anos 80
Bon Jovi agora era uma banda. Durante um show de abertura para a banda Scandal, o grupo chamou a atenção do executivo de gravadora Derek Shulman, que os assinou com a PolyGram.

Com a ajuda do novo empresário, Doc McGhee, o álbum de estréia da banda, Bon Jovi, foi lançado em 21 de janeiro de 1984. O álbum chegou à ouro nos Estados Unidos (mais de 500,000 cópias vendidas) e também foi lançado no Reino Unido. A banda abriu para ZZ Top no Madison Square Garden (antes do álbum ser lançado), e para o Scorpions e o Kiss(Ironia:Três anos mais tarde, depois do enorme sucesso do Bon Jovi, os Scorpions abriu shows da banda) na Europa, além de shows no Japão.

O ligeiro sucesso do primeiro álbum animou os produtores para um segundo. Em 1985 é lançado 7800° Fahrenheit, mas a recepção foi fraca. A revista britânica Kerrang!, que foi bastante positiva em relação ao álbum de estréia, chamou este de “uma fraca imitação do Bon Jovi que nós conhecemos e aprendemos a gostar”. O próprio Jon Bon Jovi posteriormente disse que o álbum poderia e deveria ser melhor.

Para o próximo álbum, a banda começou a escrever com o consagrado compositor Desmond Child (que foi indicado à banda por Gene Simmons). Slippery When Wet, lançado em 1986, foi produzido por Bruce Fairbarn e gravado em Vancouver, Canadá. Slippery levou a banda ao status de astros mundiais, com sucessos como “You Give Love a Bad Name”, “Livin’ On A Prayer”, e “Wanted Dead or Alive”. Jon Bon Jovi diz que o álbum recebeu seu nome (“escorregadio quando molhado”) por causa dos sinais de estrada, mas David Bryan diz o seguinte sobre o nome do álbum: “durante a gravação do disco nós freqüentemente iamos a um clube de streaptease onde belas garotas passavam água e sabão umas nas outras. Elas ficavam escorregadias por causa disso, e você não podia segurar mesmo que você quisesse muito. ‘Escorregadio quando molhado!!’ um de nós gritou e o resto de nós automaticamente já sabia: esse tinha que ser o título do novo álbum! Inicialmente nós iamos pôr uma foto de uns belos peitos, uns realmente grandes, na capa; mas quando o PMRC (uma comissão de moral sobre o comando de Tipper Gore, esposa do senador e ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore) descobriu, estávamos com problemas. Então decidimos pôr uma capa bem decente.”

Curiosamente, sabe-se que, na época, Jon Bon Jovi não queria incluir “Livin’ On A Prayer” (que se tornaria um dos maiores sucessos da banda em todos os tempos) no álbum, e que o mesmo só recebeu a canção graças ao esforço de Sambora em convencer o vocalista sobre o potencial da música. Apesar disso, muitos fãs lamentam até hoje o fato da música “Edge Of A Broken Heart” não ter entrado no álbum. Atualmente, o próprio Bon Jovi demonstrou concordar com tal opinião, reconhecendo que a música poderia ter sido um tremendo sucesso.

O álbum vendeu nos EUA 12 milhões de cópias desde o lançamento. Na turnê que se seguiu, Jon Bon Jovi começou a ter dificuldades vocais. As notas extremamente altas e constantes danificaram sua voz permanentemente. Com a ajuda de um técnico vocal, Bon Jovi continuou a turnê. Ele tendeu a cantar em tons ligeiramente mais baixos desde então.

O próximo álbum, New Jersey (chamado originalmente de “Sons Of Beaches” e planejado como um álbum duplo) foi lançado em 1988, novamente produzido por Bruce Fairbarn. O álbum foi gravado logo após o fim da turnê do Slippery, pois a banda queria provar que não era apenas um sucesso temporário. O resultado é um dos álbuns favoritos dos fãs, com sucessos como “Bad Medicine”, “Lay Your Hands On Me” e “I’ll Be There For You”, que permanecem nos repertórios até hoje. No entanto, o álbum levou a banda direto da exaustiva turnê anterior para uma mais ainda. A constante vida na estrada quase destruiu a forte relação entre Jon Bon Jovi e Richie Sambora. No começo de 1990, com o fim da turnê, a banda se separa e dá uma boa folga antes de se juntarem e voltarem ao estúdio.

Anos 90
No começo da década de 1990, o Bon Jovi estava saturado de trabalho. As brigas entre os membros se tornaram constantes e a banda resolveu “dar um tempo”. Jon lançou um álbum solo, trilha sonora do filme “Young Guns II” (Jovens Demais Para Morrer 2) que incluiu os hits “Blaze Of Glory” (seu clipe até hoje é um dos mais exibidos em toda história da MTV americana e brasileira),Miracle e Santa Fe. Richie também lançou um disco-solo, “Stranger In This Town”, mais baseado em suas raízes blues, o qual não chamou tanta atenção da mídia. As vendas foram baixas e a turnê promocional, bastante curta. O show mais lembrado foi em San Diego (EUA), em 1991, capturado no próprio soundboard e gravado em alguns CD’s bootleg ao redor do mundo.

Nesse meio tempo da separação da banda, com a saída de Steven Adler dos Guns N’ Roses, Axl Rose convidou Tico Torres, para ser o baterista do Guns N’ Roses.Mas ele não aceitou com tal desculpa:”Estou na maior banda do mundo”, referindo-se ao Bon Jovi.

Em 1992, a banda se reúne para gravar “Keep The Faith”, o 5º álbum de estúdio (cujo nome original era “Revenge”). Contendo letras mais políticas do que românticas, o álbum trás uma mensagem crítica da sociadade. Neste álbum a banda assume também um novo visual, mudando os cabelos, entrando de fato na década de 90. O disco vendeu milhões de cópias pelo mundo e foi considerado um sucesso, mesmo não sendo tanto como os dois anteriores.

Em 1994, a banda lança a coletânea “Cross Road”, que contém duas músicas inéditas: “Always”, que originalmente foi feita para a trilha sonora do filme “O Sangue de Romeo” que curiosamente fez muito mais sucesso que o filme, e “Someday I’ll Be Saturday Night”, que teve que ser retirada das paradas da MTV brasileira para dar chance a outros clipes. Nesse ano, Alec John Such deixa a posição de baixista da banda, sob rumores conflitantes de alcolismo, drogas, acidentes de moto etc. O baixista Hugh McDonald assume seu lugar e no ano seguinte, a banda lança “These Days”, álbum marcado por um clima mais soturno, mais socialmente crítico do que Keep The Faith e letras visivelmente mais complicadas e maduras, conseguindo emplacar o hit-balada “This Ain’t A Love Song” e a faixa título “These Days”, chegando a #6 e #7 respectivamente no Reino Unido. Nessa época, a banda gravou 3 shows consecutivos e lotados no estádio “Wembley”, em Londres, além de fazer uma turnê por quase todo o mundo, passando por países como o Brasil, África do Sul e a Índia, tendo todos os ingressos para seus shows vendidos. Foram longas e exaustivas turnês que marcaram a presença da banda no cenário musical pós-grunge dos anos 90.

=====================================================================

Always (tradução)

Bon Jovi

Composição: Jon Bon Jovi

Sempre

Este Romeu está sangrando
Mas você não pode ver o seu sangue
São apenas alguns sentimentos
Que este velho sujeito jogou fora

Tem chovido desde que você me deixou
Agora estou me afogando no dilúvio
Você sabe que sempre fui um lutador
Mas sem você, eu desisto

Agora não posso cantar uma canção de amor
Como deve ser cantada
Bem, acho que não sou mais tão bom
Mas querida, sou apenas eu

Sim, e eu te amarei, querida, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre
Eu estarei lá até as estrelas deixarem de brilhar
Até os céus explodirem e as palavras não rimarem
E sei que quando eu morrer, você estará no meu pensamento
E eu te amarei sempre

Agora as fotos que você deixou para trás
São apenas lembranças de uma vida diferente
Algumas que nos fizeram rir
Algumas que nos fizeram chorar
Uma que você fez ter que dizer adeus

O que eu não daria para passar meus dedos pelos seus cabelos
Tocar em seus lábios, abraça-la apertado
Quando você dizer suas preces, tente entender
que eu cometi erros, sou apenas um homem

Quando ele abraçar você
Quando ele puxar você para perto
Quando ele disser as palavras
Que você precisa ouvir
Eu queria ser ele porque aquelas palavras são minhas
Para dizer a você até o fim dos tempos

Sim, e eu te amarei, querida, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre
Se você me dissesse para chorar por você, eu poderia
Se você me dissesse para morrer por você, eu morreria
Olhe para o meu rosto
Não há preço que eu não pagaria
Para dizer estas palavras a você

Bem, não há sorte nestes dados viciados
Mas querida, se você me der apenas mais uma chance
Nós podemos refazer nossos antigos sonhos e nossas antigas vidas
Encontraremos um lugar onde o sol ainda brilha

Sim, e eu te amarei, querida, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre
Eu estarei lá até as estrelas deixarem de brilhar
Até os céus explodirem e as palavras não rimarem
E sei que quando eu morrer, você estará em meu pensamento
E eu te amarei, querida, sempre

=============================================================

Cantora nascida no País de Gales que ficou famosa nos anos 70 com as músicas “It’s a Heartache” e “Lost In France”, já famosa pelo seu trabalho com Meat Loaf, o resultado foi a épica balada Total Eclipse Of The Heart com a qual ela tornou-se a única artista galesa a colocar uma música no número 1 no Reino Unido e Estados Unidos ao mesmo tempo.

Total Eclipse Of The Heart (tradução)

Bonnie Tyler

Composição: Indisponível

Um Eclipse Total do CoraçãoMudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho solitária
E você nunca está por perto.

Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho cansada
De escutar som das minhas lágrimas.

Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho nervosa
Porque o melhor de todos os anos se passaram.

Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho apavorada
E então eu percebo a expressão nos seus olhos.

Mudança de rumo, olhos brilhantes,
De vez em quando eu caio aos pedaços,
Mudança de rumo, olhos brilhantes,
De vez em quando eu caio aos pedaços.

Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho impaciente
E sonho com alguma coisa louca.

Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho desamparada
E fico repousando como uma criança em seus braços.

Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho furiosa
E sei que tenho de sair e gritar.
Mudança de rumo,
De vez em quando eu fico um pouquinho apavorada
E então eu percebo a expressão nos seus olhos.

Mudança de rumo, olhos brilhantes,
De vez em quando eu caio aos pedaços,
Mudança de rumo, olhos brilhantes,
De vez em quando eu caio aos pedaços.

E eu preciso de você esta noite,
E eu preciso de você mais do que nunca.
E se você apenas me segurar forte
Nós ficaremos persistindo para sempre
E nós estaremos apenas fazendo o correto,
Pois nunca estaremos errados, juntos
Nós podemos agüentar até o fim do caminho.
Seu amor é como uma sombra sobre mim o tempo todo,
Eu não sei o que fazer e estou sempre no escuro.
Nós estamos vivendo num barril de pólvora e soltando faíscas.
Eu realmente preciso de você esta noite,
A eternidade vai começar esta noite,
A eternidade vai começar esta noite.

“era uma vez” eu estava me apaixonando,
Mas agora estou apenas caindo aos pedaços.
Não há nada que eu possa fazer,
Um eclipse total do coração.
“era uma vez” havia luz na minha vida,
Mas agora existe apenas amor na escuridão.
Nada que eu possa dizer,
Um eclipse total do coração.

Instrumental

Mudança de rumo, olhos brilhantes,
Mudança de rumo, olhos brilhantes.
Mudança de rumo,
De vez em quando percebo que você nunca será
O rapaz que você sempre quis ser.

Mudança de rumo,
De vez em quando percebo que você sempre será
O único rapaz que me quis do modo como eu sou.

Mudança de rumo,
De vez em quando percebo que não existe ninguém
No universo tão mágico e fantástico quanto você.

Mudança de rumo,
De vez em quando percebo que não existe nada
Melhor e não há nada que eu simplesmente não faria.

Mudança de rumo, olhos brilhantes,
De vez em quando eu caio aos pedaços,
Mudança de rumo, olhos brilhantes,
De vez em quando eu caio aos pedaços.

E eu preciso de você esta noite,
E eu preciso de você mais do que nunca.
E se você apenas me segurar forte
Nós ficaremos persistindo para sempre,
E nós estaremos apenas fazendo o correto,
Pois nunca estaremos errados, juntos
Nós podemos agüentar até o fim do caminho.
Seu amor é como uma sombra sobre mim o tempo todo,
Eu não sei o que fazer e estou sempre no escuro.
Estamos vivendo num barril de pólvora e soltando faíscas.
Eu realmente preciso de você esta noite,
A eternidade vai começar esta noite,
A eternidade vai começar esta noite.

“era uma vez” eu estava me apaixonando,
Mas agora estou apenas caindo aos pedaços.
Não há nada que eu possa fazer,
Um eclipse total do coração.
“era uma vez” havia luz na minha vida,
Mas agora existe apenas amor na escuridão.
Nada que eu possa dizer,
Um eclipse total do coração…

 

Um video muito bom, explicando o que é feeds e rss. Acesse aqui para entender o que são essas isglas que já fazem parte de nossos dias na internet.

Aproveite que esta em nosso fórum e faça seu cadastro. Conheça nossa seção de RPG também.

Bizarre Love Triangle 
Triângulo Amoroso Bizarro 
NEW ORDER   
 
Every time I think of you
Cada vez que penso em você
I get a shot right through
Sou atingido por um disparo direto
Into a bolt of blue
Num raio de tristeza.

It’s no problem of mine
Não é um problema meu
But it’s a problem I find
Mas é um problema que encontro,
Living the life that I can’t leave behind
Vivendo a vida que não consigo deixar para trás.

There’s no sense in telling me
Não tem sentido em me dizer
The wisdom of a fool won’t set you free
“A sabedoria de um tolo não vai te libertar”.
But that’s the way that it goes
Mas é assim que acontece
And it’s what nobody knows
E é o que ninguém entende,
And every day my confusion grows
E a cada dia minha confusão aumenta.

Every time I see you falling
Cada vez que te vejo caindo,
I get down on my knees and pray
Eu fico de joelhos e rezo.
I’m waiting for the final moment
Estou esperando pelo momento final que
You say the words that I can’t say
Você dirá as palavras que não consigo dizer.

I feel fine and I feel good
Eu me sinto ótimo e me sinto bem,
I feel like I never should
Eu me sinto como nunca deveria me sentir.
Whenever I get this way
Toda vez que fico deste jeito
I just don’t know what to say
Simplesmente não sei o que dizer.
Why can’t we be ourselves like we were yesterday
Por quê não podemos ser nós mesmos, como fomos ontem?

I’m not sure what this could mean
Não tenho certeza o que isto poderia significar,
I don’t think you’re what you seem
Não acho que você seja o que aparenta
I do admit to myself
Eu admito a mim mesmo
That if I hurt someone else
Que se eu magoar mais alguém,
Then I’ll never see
Então nunca verei
Just what we’re meant to be
Exatamente o que estamos destinados a ser.

Every time I see you falling
Cada vez que te vejo caindo,
I get down on my knees and pray
Eu fico de joelhos e rezo.
I’m waiting for the final moment
Estou esperando pelo momento final que
You say the words that I can’t say
Você dirá as palavras que não consigo dizer.

I feel fine and I feel good
Eu me sinto ótimo e me sinto bem,
I feel like I never should
Eu me sinto como nunca deveria me sentir.
Whenever I get this way
Toda vez que fico deste jeito
I just don’t know what to say
Simplesmente não sei o que dizer.

Eu sei muito bem como sussurrar
E sei exatamente como chorar
Eu sei bem onde encontrar as respostas
E sei muito bem como mentir
Eu sei como fingir
E sei como tramar
Eu sei a hora de encarar a verdade
E então sei muito bem quando sonhar

E sei exatamente onde te tocar
E sei o que provar
Sei quando devo puxar você para perto
E sei quando devo soltar você
E eu sei que a noite está acabando
E eu sei que o tempo vai voar
E eu jamais vou te dizer
Tudo que tenho para te dizer
Mas eu sei que tenho que tentar

E eu conheço o caminho da riqueza
E conheço os caminhos da fama
Eu conheço todas as regras
E então sei como quebrá-la
E eu estou sempre no comando do jogo

Mas eu não sei como te deixar
E jamais te deixarei cair
E não sei como você consegue
Fazer amor em troca de nada

Em troca de nada
Em troca de nada
Em troca de nada
Em troca de nada
Em troca de nada
Em troca de nada

Toda vez que te vejo todos os raios do sol
Estão passando pelas ondas de seus cabelos
E toda estrela no céu está
Mirando teus olhos como um holofote
Os batimentos do meu coração são como um tambor
Que está perdido e procura um ritmo como você
Você pode tirar a escuridão das profundezas da noite
E transformá-la numa luz que brilha infinitamente
Eu tenho que seguí-la, pois tudo que sei
Não é coisa alguma até ter dado a você

Eu posso fazer o corredor tropeçar
Posso decidir o tempo final
Eu posso executar todos os dribles
Com o som do apito
Eu consigo fazer todos os estádios vibrarem
Posso fazer esta noite durar para sempre
Ou posso fazê-la desaparecer ao amanhecer
Eu posso te fazer todas as promessas que já foram feitas
E posso fazer desaparecer todos seus temores

Mas nunca vou conseguir sem você
Você realmente quer me ver rastejar?
E jamais vou conseguir como você consegue
Fazer amor em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada
em troca de nada

Esta seleção do Top 10 é especial, selecionei dez musicas que realmente marcam momentos na vida da gente… tenho certeza que ao ouvir as musicas aqui listadas, vocês se recordarão de momentos especiais, que tiveram um peso maior na vida de cada um…

Top 10 – Momentos… 


Piano & I – Alicia Keys

Oh, oh meu deus
Eu não sabia que eu estava aqui
Você sabe meu nome? (não pode dar errado quando você tentar)
Sempre conseguiu tentar
Não importa até quando essa merda pegue
Yeah, yeah Uh
Tudo o que você para de sonhar
Tudo o que você tenta parar de viver
Mova issoBem-vindo a casa
Porque agora mesmo o que eu consegui para fazer
Eu preciso me amplificar e também você
Então yeah, então tudo o que for preciso como eu
Talvez dois anos e merda
Mas me sinto preparada
Você sabe o que estou dizendo
E eu estou me sentindo um pouco mais pronta para o mundo
E menos perdida
Como eu fui uma vez
Então venha
O que você está esperando?
Me sinta, me sinta, me sinta

Top 10 – Top 10 – Top 10 – Top 10 – Top 10 – Top 10 – Top 10 – Top 10 

Como prometido, voltamos com a seleção de musicas da semana…
(Com link para as musicas)

Tivemos alguns encontros de geração nesta lista, mas podemos dizer que é uma lista bem eclética.. rs.. e para encerrar o Top 10 deste domingo, a escolhida para ter sua tradução aqui:


You’ll See

Madonna

Composição: Madonna 
You think that I can’t live without your love
You’ll see,
You think I can’t go on another day.
You think I have nothing
Without you by my side,
You’ll see
Somehow, some way
You think that I can never laugh again
You’ll see,
You think that you destroyed my faith in love.
You think after all you’ve done
I’ll never find my way back home,
You’ll see
Somehow, someday
All by myself
I don’t need anyone at all
I know I’ll survive
I know I’ll stay alive,
All on my own
I don’t need anyone this time
It will be mine
No one can take it from me
You’ll see
You think that you are strong, but you are weak
You’ll see,
It takes more strength to cry, admit defeat.
I have truth on my side,
You only have deceit
You’ll see, somehow, someday
All by myself, I don’t need anyone at all
I know I’ll survive
I know I’ll stay alive,
I’ll stand on my own
I won’t need anyone this time
It will be mine
No one can take it from me
You’ll see
You’ll see, you’ll see
You’ll see, mmmm, mmmm

You’ll See

Madonna

Composição: Madonna
Você acha que eu não consigo
Viver sem o seu amor, vai ver
Você acha que eu não consigo seguir em frente
Nem mais um dia
Você acha que eu não tenho nada
Sem você ao meu lado
Você vai ver de alguma forma, de algum jeito
Você acha que eu nunca mais conseguirei sorrir
Você vai ver
Você acha que você destruiu a minha fé no amor
Você acha que depois de tudo que você fez
Eu nunca acharia o caminho de volta
Você vai ver
De alguma forma, algum dia
Totalmente sozinha
Eu não preciso mesmo de ninguém
Eu sei que vou sobreviver
Eu sei que vou ficar viva
Tudo sozinha
Eu não preciso de ninguém agora
Vai ser meu
Ninguém vai tirar isto de mim
Você vai ver
Você acha que você é forte, Mas você é fraco,
Você vai ver
É preciso mais força para chorar, admitir a derrota
Eu tenho a verdade ao meu lado
Você só teve a falsidade
Você vai ver de algum modo, algum dia
Totalmente sozinha, eu não preciso de ninguém
Eu sei que eu vou sobreviver
Eu sei que vou ficar viva
Vou me levantar sozinha
Eu não preciso de ninguém agora
Vai ser meu
Ninguém pode tirar isto de mim
Você vai ver
Você vai ver, você vai ver
Você vai ver. mmmm,mmmm

Estou por ai…
Nunca o mesmo, mas sempre por ai…

Twittando por ai…

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Musicas – Last.FM

setembro 2019
S T Q Q S S D
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Links e Selos

Uêba - Os Melhores Links

WWF-Brasil. Cuidando do ambiente onde o bicho vive. O bicho-homem.

Firefox - Download

Quer Divulgar?

Selo Inatitude

Add to Google

BlogBlogs

BlogBlogs
Pingar o BlogBlogs
Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Web Rádio Studio

Visitas

  • 3.241.799 com atitude

In-Atitude Apoia:

Creative Commons License
Inatitude por https://inatitude.wordpress.com esta licença se refere a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.


Creative Commons License
Inatitude por https://inatitude.wordpress.com esta licença se refere a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.



Compras pelo e-mail: prof.medeiros@gmail.com ou através do site:
Adriano Medeiros