You are currently browsing the tag archive for the ‘Sexo’ tag.

Mais uma da sessão “Por e-mail”, segue abaixo algumas explicações sobre o que é o sexo na visão de especialistas em diversas áreas.

Segundo o médico: É uma doença, porque sempre termina na cama!

Segundo o advogado: É uma injustiça, porque sempre há quem fica por baixo!

Segundo o engenheiro: É uma máquina perfeita, porque é a única em qe se trabalha deitado!

Segundo o arquiteto: É um erro de projeto, porque a área de lazer fica muito próxima da área de saneamento!

Segundo o economista: É um desajuste, porque entra mais do que sai. As vezes nem sabe o que é ativo ou passivo!

Segundo o contador: É um exercício perfeito, porque põe-se o bruto, faz-se o balanço, e fica o líquido, podendo ainda em alguns casos gerar dividendos!

Segundo o matemático: É uma equação, porque a mulher coloca entre parênteses, eleva o membro a sua máxima potência, e lhe extrai o produto reduzindo-o a sua mínima expressão!

Segundo o psicólogo: Explicar é f…!

Anúncios

Vocês acham que é fácil ser homem? Estamos iniciando uma campanha para a instauração do Dia Internacional do Homem. Já existe dia da mulher, dia do cachorro, dia do gay, até dia do advogado! Por que não o Dia Internacional do Homem?

Algumas razões para a criação do Dia Internacional do homem:

1.) Quem é obrigado a erguer os pés quando ela está fazendo faxina?
R: O prestativo homem!

2.) Quem se veste como pingüim no dia do matrimônio?
R: O humilde homem!

3.) Quem é que, apesar do cansaço e do stress, jamais poderá fingir um orgasmo?
R: O sincero homem!

4.) Quem é obrigado a sustentar a amante esbanjadora?
R: O abnegado homem!

5.) Quem se expõe ao stress por chegar em casa e não encontrar a comida quentinha, as crianças com o banho tomado, a roupa lavada, a cozinha limpa e o drink já posto sobre a mesa?
R: O doce homem!

6.) Quem corre o risco de ser assaltado e morto na saída da boate, cada vez que participa dessas reuniões noturnas com os amigos, enquanto a mulher está bem segura em casa na sua caminha quentinha?
R: O desprotegido homem!

7.) Quem é o encarregado de matar as baratas da casa?
R: O valente homem!

8.) Quem segura a ‘cauda do rojão’ quando chega em casa com marca de batom na camisa e é obrigado a dar explicações que nunca são aceitas?
R: O incompreendido homem!

9.) Quem é que toma banho e se veste em menos de vinte minutos?
R: O ágil homem!

10.) Quem é que tem de gastar consideráveis somas em dinheiro comprando presentes para o dia das mães, da esposa, da secretária e outras festas inventadas pelo homem para satisfazer à mulher?
R: O dadivoso homem!

11.) Quem jamais conta uma mentira?
R: O ético homem!

12.) Quem é obrigado a ver a mulher com os rolinhos nos cabelos e cara cheia de cremes?
R: O compreensivo homem!

13.) Quem tem que passar por uma TPM calado todo mês?
R: O calmo homem!

E mais:
* A tortura de ter que usar terno no verão..
* O suplício de fazer a barba todo dia.
* O desespero de uma cueca apertada.
* Viver sob o permanente risco de ter que entrar numa briga.
* Pilotar a churrasqueira nos fins de semana enquanto todos se divertem.
* Ter sempre que resolver os problemas do carro.
* Ter a obrigação de ser um atleta sexual.
* Ter que notar a roupa nova dela.
* Ter que notar que ela mudou de perfume.
* Ter que notar que ela trocou a tintura do cabelo de Imédia 713 para 731 louro bege salmon plus up light forever.
* Ter que notar que ela cortou o cabelo, mesmo que seja somente um centímetro.
* Ter que jamais reparar que ela tem um pouco de celulite.
* Ter que jamais dizer que ela engordou, mesmo que isto seja a pura verdade.
* Trabalhar pra cacete em prol de uma família que reclama que você trabalha pra cacete!

Depois elas ainda acham que é fácil, só porque nós não menstruamos, só faltava mesmo né!
DEUS ABENÇOE O SANTO HOMEM !!!!!!!!

Ps.: Desculpem as damas de plantão….

M – Onde você vai?
H – Vou sair um pouco.
M – Vai de carro?
H – Sim.
M – Tem gasolina?
H – Sim… coloquei.
M – Vai demorar?
H – Não… coisa de uma hora.
M – Vai a algum lugar específico?
H – Não… só rodar por aí.
M – Não prefere ir a pé?
H – Não… vou de carro.
M – Traz um sorvete pra mim!
H – Trago… que sabor?
M – Manga.
H – Ok… na volta eu passo e compro.
M – Na volta?
H – Sim… senão derrete.
M – Passa lá, compra e deixa aqui.
H – Não… melhor não! Na volta… é rápido!
M – Ahhhhh!
H – Quando eu voltar eu tomo com você!
M – Mas você não gosta de manga!
H – Eu compro outro… de outro sabor.
M – Aí fica caro… traz de cupuaçu!
H – Eu não gosto também.
M – Traz de chocolate… nós dois gostamos.
H – Ok! Beijo… volto logo…
M – Ei!
H – O que?
M – Chocolate não… Flocos…
H – Não gosto de flocos!
M – Então traz de manga prá mim e o que quiser prá você.
H – Foi o que sugeri desde o começo!
M – Você está sendo irônico?
H – Não… tô não! Vou indo.
M – Vem aqui me dar um beijo de despedida!
H – Querida! Eu volto logo… depois.
M – Depois não… quero agora!
H – Tá bom! (Beijo.)
M – Vai com o seu ou com o meu carro?
H – Com o meu.
M – Vai com o meu… tem cd player… o seu não!
H – Não vou ouvir música… vou espairecer…
M – Tá precisando?
H – Não sei… vou ver quando sair!
M – Demora não!
H – É rápido… (Abre a porta de casa.)
M – Ei!
H – Que foi agora?
M – Nossa!!! Que grosso! Vai embora!
H – Calma… estou tentando sair e não consigo!
M – Porque quer ir sozinho? Vai encontrar alguém?
H – O que quer dizer?
M – Nada… nada não!
H – Vem cá… acha que estou te traindo?
M – Não… claro que não… mas sabe como é?
H – Como é o quê?
M – Homens!
H – Generalizando ou falando de mim?
M – Generalizando.
H – Então não é meu caso… sabe que eu não faria isso!
M – Tá bom… então vai.
H – Vou.
M – Ei!
H – Que foi, cacete?
M – Leva o celular, estúpido!
H – Prá quê? Prá você ficar me ligando?
M – Não… caso aconteça algo, estará com celular.
H – Não… pode deixar…
M – Olha… desculpa pela desconfiança… estou com saudade… só isso!
H – Ok meu amor… Desculpe-me se fui grosso. Tá.. eu te amo!
M – Eu também!
M – Posso futricar no seu celular?
H – Prá quê?
M – Sei lá! Joguinho!
H – Você quer meu celular prá jogar?
M – É.
H – Tem certeza?
M – Sim.
H – Liga o computador… lá tem um monte de joguinhos!
M – Não sei mexer naquela lata velha!
H – Lata velha? Comprei pra a gente mês passado!
M – Tá.. ok… então leva o celular senão eu vou futricar…
H – Pode mexer então… não tem nada lá mesmo…
M – É?
H – É.
M – Então onde está?
H – O quê?
M – O que deveria estar no celular mas não está…
H – Como!?
M – Nada! Esquece!
H – Tá nervosa?
M – Não… tô não…
H – Então vou!
M – Ei!
H – Que ééééééé?
M – Não quero mais sorvete não!
H – Ah é?
M – É!
H – Então eu também não vou sair mais não!
M – Ah é?
H – É.
M – Oba! Vai ficar comigo?
H – Não vou não… cansei… vou dormir!
M – Prefere dormir do que ficar comigo?
H – Não… vou dormir, só isso!
M – Está nervoso?
H – Claro, porra!!!
M – Por que você não vai dar uma volta para espairecer?

– Luis Fernando Veríssimo.

Existem diferentes versões sobre a origem do dia dos namorados.

É bem provável que a festa dos namorados tenha sua origem em um festejo romano: a Lupercália. Em Roma, lobos vagavam próximos às casas e um dos deuses do povo romano, Lupercus, era invocado para manter os lobos distantes. Por essa razão, era oferecido um festival em honra a Lupercus, no dia 15 de fevereiro. Nesse festival, era costume colocar os nomes das meninas romanas escritos em pedaços de papel, que eram colocados em frascos. Cada rapaz escolhia o seu papel e a menina escolhida deveria ser sua namorada naquele ano todo.

O dia da festa se transformou no dia dos namorados, nos EUA e na Europa, o Valentine’s Day, 14 de fevereiro, em homenagem ao Padre Valentine. Em 270 a.C., o bispo romano Valentino desafiou o imperador Claudius II que proibia que se realizasse o matrimônio e continuou a promover casamentos. Para Claudius, um novo marido significava um soldado a menos. Preso, enquanto esperava sua execução, o bispo Valentine se apaixonou pela filha cega de seu carcereiro, Asterius. E, com um milagre, recuperou sua visão. Para se despedir, Valentine escreveu uma carta de amor para ela. Foi assim que surgiu a expressão em inglês “From your Valentine”. Mesmo tido como santo pelo suposto milagre, ele foi executado em 14 de fevereiro.

O feriado romântico ou o dia dos namorados judaico: desde tempos bíblicos, o 15º dia do mês hebreu de Av tem sido celebrado como o Feriado do Amor e do Afeto. Em Israel, tornou-se o feriado das flores, porque neste dia é costume dar flores de presente a quem se ama. Previamente, era permitido às pessoas só se casar com pessoas da sua própria tribo. De certo modo, era um pouco semelhante ao velho sistema de castas na Índia. O 15 de Av se tornou o Feriado de Amor, um feriado judeu reconhecido durante os dias do Segundo Templo. Em tempos bíblicos, o Feriado do Amor era celebrado com tochas e fogueiras. Hoje em dia, em Israel, é costume enviar flores a quem se ama ou para os parentes mais íntimos. A significação e a importância do feriado aumentaram em anos recentes. Canções românticas são tocadas no rádio e festas ‘Feriado do Amor’ são celebrados à noite, em todo o país. (Jane Bichmacher de Glasman, autora do livro “À Luz da Menorá”).

No Brasil, a gênese da data é menos romântica. Alguns a atribuem a uma promoção pioneira da loja Clipper, realizada em São Paulo em 1948. Outros dizem que o Dia dos Namorados foi introduzido no Brasil, em 1950, pelo publicitário João Dória, que criou um slogan de apelo comercial que dizia “não é só com beijos que se prova o amor”. A intenção de Dória era criar o equivalente brasileiro ao Valentine’s Day – o Dia dos Namorados realizado nos Estados Unidos. É provável que o dia 12 de junho tenha sido a data escolhida porque representa uma época em que o comércio de presentes não fica tão intenso. A idéia funcionou tão bem para os comerciantes, que desde aquela época, o Brasil inteiro comemora anualmente a data. Outra versão reverencia a véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro.

Adaptação: Lilian Russo
(Fontes: Revista Época, edição 160/2001; IBGE Teen e Revista Eletrônica Rio Total)

CONCORRA A UMA PENDRIVE GRÁTIS – CLIQUE AQUI E SAIBA COMO

Conquiste a cada dia
Para manter o romance em alta, mesmo depois de anos de relacionamento, a dica é apostar em gestos de carinho e sedução
Rose Araujo
Tem casais que, por mais que os anos passem, continuam parecendo dois pombinhos. Vivem abraçados, de mãos dadas, trocando beijos apaixonados. Ao redor deles, há sempre um grupinho se perguntando: “como eles conseguem manter a mesma chama do início do namoro?”.Segundo a personal sex trainer Fátima Moura, autora do livro “Sexo para Mulheres Casadas”, isso é possível depois que as pessoas aprendem que a relação necessita de uma conquista diária. “É preciso voltar à valorização do toque, às descobertas da libido, à sensualidade e ao romantismo”, diz, em seu site (www.-fatimamoura.com.br).

Fátima trabalha como orientadora pessoal de relacionamento há 12 anos, assessorando de forma exclusiva as pessoas que desejam resgatar a auto-estima e a sensualidade. Ela dá a dica para o fazer deste Dia dos Namorados uma redescoberta do amor:

O ninho de amor

• Escolham primeiro o local onde vocês gostariam de ficar 24 horas juntos: vai variar de casal para casal. O certo é que vocês possam ficar sozinhos para se curtir melhor.

• Se o casal for muito baladeiro, ou se a profissão exija que viagem muito, que tal fazer algo diferente em casa: uma decoração especial envolvendo o gosto e a sugestão dos dois. Monte um cardápio sensual para as refeições deste dia.

• Se os dois nunca saem de casa, a escapada rápida pelos arredores da cidade ainda é a melhor pedida. Um chalezinho numa região serrana, um motel cinco estrelas ou até, porque não, aproveitar os últimos dias de sol antes do inverno para curtir uma praia mais deserta no litoral? (Fátima só alerta para que essa pesquisa comece antes, pois alguns locais podem lotar, e aí a procura ficará estressante).

• Os apaixonados nem irão ver as horas passar. Mas para aqueles em que o amor está somente em brasas a dica é jogar mais lenha nesta fogueira. Depois da escolha do local, decore o ambiente junto com o parceiro. Será um quarto árabe, oriental, mais para o lado da sensualidade francesa etc? “Vocês irão perceber que aí já vai crescendo o desejo sexual pela sedução mútua. É um jogo”, diz Fátima.

Estoque para “sobrevivência”

• Escolhido o tema de vocês dois, elejam a trilha sonora para o dia. Essa é uma boa hora para colocar a coleção de CDs favorita em dia

• Depois, vejam qual o arsenal de alimentos que irão precisar, caso fiquem mesmo isolados do mundo: queijos, vinhos, croissants, creme cheese, torradinhas e frutas vermelhas (morangos, uvas, cerejas etc.).

• Que tal um café da manhã reforçado para começar o dia. Depois os dois preparam o almoço, experimentando a cozinha de uma outra forma, assim como no filme “Proposta indecente” ou “9 semanas e ½ de amor”, em que um venda o outro e faz com que ele sinta os diversos sabores, das frutas ao vidro de pimenta?

• Para o jantar, a sugestão é ir para um local exótico, restaurantes temáticos (vejam reservas antecipadas), ou mesmo repetir a brincadeira do almoço. Agora, este é momento ápice do dia. Precisa ser especial, pois vai prescindir os últimos momentos das 24 horas.

Prepare um banho sensual

Enquanto ele ou ela relaxa na cama, prepare o ambiente para o banho, utilizando ingredientes para despertar os cinco sentidos:

• Para a visão: utilize meia-luz; se você quiser, pode incrementar com velas coloridas e aromáticas, bem como pétalas de rosas.

• Para a audição: música suave de fundo.

• Para o paladar: prepare uma cestinha de morangos e outras frutas afrodisíacas à beira da banheira (uva, maçã, cerejas) para degustação durante a sedução.

• Para o tato: esponjas.

• Para o olfato: velas perfumadas. Podem ser usados óleos essenciais, substâncias aromáticas naturais (flores, raízes, frutas). Tenha os perfumes e sais sempre à mão em um recipiente bonito e decorado.

• Não se esqueça das toalhas, que devem ser macias e perfumadas.

• Para aromas mais estimulantes, Fátima recomenda: sândalo, canela, cravo, gengibre, lavanda, ylang-ylang, rosas e jasmins. Estes produtos são facilmente encontrados em qualquer loja de produtos naturais.

Namoro-pimenta

Fátima Moura diz que o relacionamento é como um belo prato: precisa de tempero para ser sempre delicioso e apreciado pelos parceiros. Pensando assim, ela relacionou a pimenta com diversas maneiras de amar e seduzir:

• Pimenta-do-reino – suave e de leve sabor, é utilizada em saladas, e pratos de entrada. Nas artes sensuais seria o componente que diferencia uma relação, mas sem marcar muito. É o sabor que convida as pessoas para o alimento. É sedutor. O delicioso desafio de fazer o outro perceber o que você quer apenas com olhar. Uma maquiagem leve, um perfume diferente, seja no ar ou no corpo. É o que atrai a atenção. Um beijo para despertar quem está dormindo, ou quem chega do trabalho. Sentir os lábios e tentar transmitir seus sentimentos. Por meio desse toque, aventurar-se explorando os pontos mais sensíveis do corpo do outro.

• Pimenta malagueta – muito utilizada pela culinária baiana: acarajé, farofa, vatapá, moqueca. O misticismo do fetiche dos homens e a magia das fantasias das mulheres. Salto alto, renda, couro, pés, cinta-liga e espartilho, marquinha de biquíni em uma pele bronzeada, a beleza dos seios e coxas e é claro o bumbum, a grande paixão nacional. A imaginação feminina criando situações e circunstâncias sensuais. A lingerie é sempre um bom começo… Uma bonita calcinha de vinil…

• Pimenta jamaica – usada em bebidas, doces e conservas, é ardida, mas adocicada como o cravo. Usada muito em doces como de manga com abacaxi por ter um aroma bem acentuado. É a sedução de uma massagem tailandesa com óleos aromáticos estimulando pontos do corpo, redescobrindo a arte do toque sensual em cada centímetro da pele, despertando todos os sentidos. Uma pedra de gelo, uma echarpe de seda, pétalas de rosa, penas de pavão sobre o corpo: experimentando sensações diferentes.

• Pimenta vermelha – usada em comidas indianas, frutos do mar, canapés, molho para espaguete, sopas, cremes, ricota, é a pimenta que tempera os chocolates. A pimenta da paixão. Consumida crua com morangos e açúcar tem um gosto espetacular. É a sedução no seu ponto máximo. Uma dança na qual ele possa vê-la, mas não tocá-la. Trabalhe a audição e o olfato até que você possa tirar as vendas para que ele possa ver você dançar em seu colo. Ou um segredo guardado pelo pompoarismo, técnica utilizada para se ter o domínio do prazer do outro, integrando os corpos ao máximo durante o sexo.

• Pimenta chilli – usada em comidas mexicanas traz o calor dos trópicos em seu sabor. O ritmo das danças caribenhas. O ritmo que pulsa dentro dos dançarinos. É o corpo à mostra. Um jogo de mostra-esconde do strip-tease descompromissado, sem segundas intenções feito no dia-a-dia. Despir-se sensualmente deixando um robe ou penhoar cair lentamente sobre a cama ou uma cadeira, propor uma dança a dois, na qual vai se despindo as peças um e do outro no ritmo da música predileta do casal, depois de um jantar romântico. Ou até o strip-tease coreografado e ensaiado para uma ocasião especial, por que não? Como no caso das pimentas fortes, deve-se perguntar primeiro a quem será servido se pode ou não degustar uma comida “quente”. Além disso, pimentas fortes devem ser usadas com moderação e cuidado.

• Pimenta rosa – é a semente da aroeira, a pimenta do amor, também usada em chocolates e na aromoterapia, é ligada aos sentimentos de paz e tranqüilidade. É o desafio de manter a chama acesa. De dar ares picantes numa relação cheia de vínculos e experiências. São os toques sutis de uma vela aromática aqui, um buquê de flores ali. Um jantarzinho inusitado e temático. Um e-mail carinhoso, um recado no celular mais atrevido. Fazer de cada momento um instante especial. Escapadinhas no horário do almoço. Uma calcinha provocante e uma camisola transparente. Dormir linda do lado dele, mesmo que não vá rolar uma transa. Um cafuné até que ela adormeça. Transformar um simples jogo de cartas em uma sessão de strip pocker. Fazer um piquenique na sala de casa, regado a vinho e um filme romântico. Fugir em uma viagem pelos arredores. Lavar o carro com ele vestida com um shortinho bem curto, ajudá-la na cozinha aproveitando o ambiente para explorar novos locais para se fazer amor. E sempre dizer “eu te amo”.

===============================================

Outro site com muito conteúdo técnológico, onde você poderá estar acessando também diversas dicas para cursos, seminarios e palestras, é no Fórum Triade-SP. Entre e faça seu cadastro gratuítamente. Aproveite tambem para conhecer a seção de RPG e participe de uma aventura medieval online.

Para um homem, o fato de sua mulher o entender bem tanto no plano emocional como no sexual é o sinal de que ele encontrou a “mulher perfeita”.

É certo que nem todos os homens são iguais e esperam o mesmo de suas mulheres. Há alguns que privilegiam o emocional em uma relação sexual, enquanto outros só fazem questão que o sexo seja bom.

É importante que você conheça os gostos do seu homem, já que para eles não há mulher mais sensual do que aquela que o conhece e o entende em todos os aspectos. E se existem diferenças, também existem semelhanças no que eles querem. Veja a seguir 10 coisas que eles costumam apreciar na hora do sexo.

1. Espontaneidade
O que ele quer é que você saiba compreendê-lo, que quando ele quiser transar você o acompanhe no jogo, quando algo não lhe agradar que você simplesmente não o faça e quando você tiver desejos de fazer algo não fique calada e proponha sem pudores. O que ele deseja é que você não se iniba na frente dele na hora do sexo.

2. Frases quentes
Na cama não pode existir vergonha nem pudores. Sendo assim, ele espera que você diga tudo o que tiver vontade, que você o guie com palavras ou com as mãos, que você se solte e que não tenha problemas em gritar ou dizer muitas coisas eróticas. Para eles, ver a mulher se retorcendo de prazer e excitando-o só com palavras é um cenário perfeito.

3. Ser surpreendido
Não há coisa de que eles gostem mais do que uma mulher que seja capaz de tomar iniciativa de vez em quando. Para eles, você tomar a decisão de alguma situação é muitas vezes um alívio e faz com que você pareça mais atraente. Surpreenda-o ao chegar do trabalho ou então no lugar que ele menos esperar. Com certeza ele não negará um momento de prazer.

4. Cumpra as fantasias dele
Você ser capaz de escutar as fantasias dele, entendê-las e ao menos pensar em realizá-las é importante. Mas se você as realiza sem que ele tenha que insistir muito é o céu. Busque uma fantasia que seja cômoda para você, mas que ao mesmo tempo irá surpreendê-lo na cama.

5. A “rapidinha”
O sexo rápido, sem estímulos e que acontece pela simples vontade, é algo que eles adoram e necessitam de vez em quando. Não se coloque na defensiva quando ele quiser surpreendê-la e entre no jogo dele. Uma escapadinha rápida de vez em quando não faz mal a ninguém e a questão de às vezes não existir um jogo de sedução antes do sexo não quer dizer que ele não a ame ou que não pense em você e sim o contrário, é porque ele te deseja muito e gosta de você.

6. Dar a ele um bom início de dia
Este é um dos pré-requisitos que todos os homens, sem distinção, elegem quase como o número um. Acordar de uma maneira agradável e enchê-los de vitalidade e energia para o resto do dia é algo que eles agradecem de verdade. Muitas vezes, ao chegar do trabalho ele está cansado e só quer dormir, por isso aproveitar as energias da manhã é para ele uma boa opção para começar o dia. Programe o despertador para um pouquinho mais cedo e surpreenda-o.

7. Assuma o comando
Não espere que ele tome a iniciativa em tudo o que vocês forem fazer na hora do sexo. É verdade que eles gostam de dominar, mas, muitas vezes, preferem ser submissos diante de uma mulher decidida que os domina e os seduz e, mais ainda, que mesmo que a mulher não seja assim, que na hora do sexo ela saiba ter, sobretudo, uma questão de atitude.

8. Somente sexo
Querer que tudo seja perfeito, romântico e sensual pode ser algo desgastante para algumas pessoas. Por isso, muitas vezes, os homens desfrutam do sexo só pelo sexo, sem preparações românticas.

9. Carinho após o sexo
Uma das coisas que os homens mais odeiam é que logo depois de uma transa espetacular a mulher saia apressada para tomar banho. Os homens, mesmo que isso pareça coisa só de mulher, também gostam de receber carinho depois do sexo. Muitos deles preferem que você fique ao menos uns instantes ao lado deles, descansando após tanta agitação e compartilhando beijos, carinhos e comentários sobre o prazer que vocês sentiram.

10. Que você aprecie o sexo
Que os homens desfrutam ou necessitam mais de sexo pode ser uma realidade, mas para eles é incrível que uma mulher não se intimide ao reconhecer que ela gosta de sexo tanto quanto ele. As mulheres tendem a ocultar que também pensam em sexo e que o desejam continuamente. Sendo assim, uma mulher que reconheça isso sem pudores é quase como ganhar na loteria. Por isso, não tenha vergonha de querer fazer sexo sem que ele tenha proposto ou em qualquer lugar. Ele te amará por isso.

Fonte: http://www.terra.com.br

===============================================
Outro site com muito conteúdo tecnológico, onde você poderá estar acessando também diversas dicas para cursos, seminarios e palestras, é no Fórum Triade-SP. Entre e faça seu cadastro gratuítamente. Aproveite tambem para conhecer a seção de RPG e participe de uma aventura medieval online.
================================================publicidade-baner

Twittando por ai…

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Musicas – Last.FM

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Links e Selos

Uêba - Os Melhores Links

WWF-Brasil. Cuidando do ambiente onde o bicho vive. O bicho-homem.

Firefox - Download

Quer Divulgar?

Selo Inatitude

Add to Google

BlogBlogs

BlogBlogs
Pingar o BlogBlogs
Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Web Rádio Studio

Visitas

  • 3,206,963 com atitude

In-Atitude Apoia:

Creative Commons License
Inatitude por https://inatitude.wordpress.com esta licença se refere a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.


Creative Commons License
Inatitude por https://inatitude.wordpress.com esta licença se refere a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.



Compras pelo e-mail: prof.medeiros@gmail.com ou através do site:
Adriano Medeiros