Quando se fala de Orkut, sempre existe o lado das pessoas que o amam e as pessoas que o odeiam. Com o orkut podemos mandar recados para amigos, reecontrar velhos conhecidos, participar de comunidades, compartilhar nossas fotos e ter uma lista de contatos que sempre pode ajudar.  Vi algumas vezes na televisão que pessoas que estavam sumidas faz muito tempo foram encontradas através deste portal de comunidades virtuais. Um exemplo é de uma funcionária de escola pública muito querida pelos alunos que comentou que não via seu filho fazia quase dez anos e não sabia como encontrá-lo. Os alunos procuraram no orkut e descobriram uma foto de uma criança (não é só pra adulto?) que colocou em seu perfil a foto dela com o pai. No caso, esse pai era o rapaz desaparecido da vida da funcionária a tanto tempo. Foi organizado um encontro que virou notícia. Algumas pessoas, ainda usam o orkut para participar de comunidades virtuais que compartilham conhecimentos dos mais variados assuntos.

Por outro lado existe as pessoas que o odeiam. Já vi muitos dizendo que foram invadidos, pegaram vírus, receberam recados de anônimos insinuando coisas comprometedoras, sem falar nos “fakes”. Fakes esses, que muitas vezes são criados para difamar alguém. Comigo mesmo aconteceu de eu receber um recado na qual a pessoa alegava que eu estava muito “quente” (rsrsrsrsrs) na noite passada, e que queria me ver de novo. Quando vi aquilo eu fiquei pasmo afinal, quem era aquela? Quando entrei no seu perfil vi que outras pessoas questionavam o porquê dela escrever tal coisa. Reparei que as outras pessoas que reclamavam do recado, assim como eu, também eram casados. Quando compartilhamos nossas fotos em nosso álbum, corremos outro risco afinal, o Photoshop existe! E com ele criamos o impossível.

O fato é. A internet conta com sites muito mais interessantes e úteis do que o Orkut. Basta ver o LiveMocha, que também permite que mandemos recados, tenhamos amigos,  nossa lista de contatos e o principal, aprendemos um novo idioma. Eu por exemplo, estou aprendendo espanhol e um grande  amigo meu está aprendendo alemão. Tenho amigos na Bolívia, Espanha, Argentina, Equador e todos eles me ajudam a aprender espanhol. Do mesmo jeito que também tenho amigos nos EUA, Coréia, Rússia e os ajudo a aprender o “Português do Brasil”.

Será que precisamos ter um orkut? Não seria a hora de procurar outros sites na Internet? Comentem e vamos começar o debate. Defendam, critiquem, exponham suas opniões.

Anúncios