Por The Industry Standard/EUA
Publicada em 09 de outubro de 2008 às 12h25

São Francisco – Sequoia aconselha startups a reduzir custos para sobreviver a tempos difíceis, que poderão se estender por anos.

A Sequoia, principal empresa de capital de risco do Vale do Silício, fez uma reunião de emergência na quarta-feira (08/10), para dizer às empresas do seu portfólio para se preparar para o pior, conforme reportou o GigaOm e diversas fontes confirmaram.

Para deixar o ponto muito claro, as startups receberam uma réplica de tumba dizendo “RIP: Good Times” (Descansem em paz, bons tempos). Muitas empresas de tecnologia vêm se questionando sobre como – e se – a crise vai afetá-las. Talvez essa seja a resposta mais contundente.

Ron Conway, angel investor (investidor que dá o primeiro impulso a empresas iniciantes) do Vale do Silício, deu o mesmo alerta às suas empresas.

O conteúdo da reunião da Sequoia deveria permanecer confidencial, mas um CEO que compareceu ao evento relatou que a mensagem foi: as coisas podem piorar muito. “Eram palestrantes muito espertos. A Sequoia é muito específica, eles são muito focados em dados”, disse ele, pedindo anonimato.

O conselho foi para que as startups reduzam custos para sobreviver ao período difícil, que pode durar anos. Os palestrantes entraram em detalhes de como fazer isso, inclusive.

A Sequoia fez uma reunião parecida com essa quando a bolha da internet estourou, lembrou o GigaOm.

Os recentes investimentos da companhia incluem empresas como a Loopt e a Admob. O portfólio inclui ainda nomes como Dropbox, Funny or Die, Meebo, Plaxo, RockYou, Aricent e Trulia.

Anúncios