Na guerra pelo mercado de vídeo doméstico em alta definição, até hoje o formato Blu-ray (desenvolvido pela Sony) tinha a vantagem, com o apoio da maioria dos estúdios de cinema de Hollywood e uma base instalada duas vezes maior que a da concorrência. Já o HD-DVD (criado pela Toshiba) tem como arma irresistível o preço: um player HD-DVD custa, nos EUA, a metade do preço de um modelo Blu-ray. Mas as coisas estão mudando. A facção Blu-ray sofreu baixas importantes hoje, com o anúncio de que a Paramount Pictures e Dreamworks Animation estão abandonando o formato e lançarão seus novos títulos, incluindo sucessos recentes como Transformers e Shrek III, exclusivamente em HD-DVD. Trata-se de um reforço importante. Até o momento o único grande estúdio a fincar o pé em apoio ao formato da Toshiba era a Universal Pictures. Do lado da Sony estão Sony Pictures, MGM, Disney, 20th Century Fox e Lionsgate. Outras produtoras, como a Warner e New Line Cinema lançam títulos em ambos os formatos. E nesta batalha as alianças são fundamentais: sem conteúdo (os filmes), não há quem convença o consumidor a comprar um aparelho para ter em casa.

Fonte: Olhar Digital

Anúncios