Por mais que contem com frases curiosas (e divertidas) do encontro entre Bill Gates e Steve Jobs, as principais falas de 2007 parecem ter relação direta com problemas enfrentados por grandes empresas durante o ano.

Seja pela invasão de privacidade do Beacon, plataforma de anúncios do Facebook, pelos resultados da AMD abaixo das expectativas de Wall Street ou pela justificativa do Google Brasil em colaborar com a Justiça, tropeções de grandes companhias em 2007 exigiram retratações públicas.

Entre as brincadeiras de Jobs e Gates e a mea-culpa corporativa, a frase do ano saiu da boca de um grupo sem ligações diretas com a tecnologia, mas que, com três termos, estremeceu o mercado de música digital no planeta. Confira.

10 – “Não tenho nada a ver nem com esse pedido nem com essa decisão.”
Daniela Cicarelli, comentando seu envolvimento na ação, que carregava seu nome e de seu namorado e resultou no bloqueio do YouTube para o Jornal da Globo.

9 – “Tínhamos que definir nossa trajetória de crescimento e quão rápido ela ocorreria, mas descobrimos que aquilo estava um pouco superestimado.”
Niklas Zennstrom, co-fundador do Skype, comentando a comparação entre os US$ 2,6 bilhões pagos pelo eBay e os fracos resultados que o afastaram da direção do serviço.

8 – “Nós mantivemos nosso casamento em segredo há quase uma década.”
Steve Jobs, respondendo ironicamente sobre qual a principal característica da sua relação com Bill Gates.

7 – “Não vamos vender nossa alma como a Novell fez. Somos uma companhia 100% aberta.”
Gabriel Szulik, então gerente-geral da Red Hat para América Latina, comentando parceria entre Novell e Microsoft para distribuição de Linux.

6 – “Nós simplesmente fizemos um trabalho ruim com este lançamento e nos desculpamos por isto.”
Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, em mea-culpa pública no blog do serviço após pesquisadores da CA acusarem sistema de publicidade Beacon de exagerada invasão de privacidade.

5 – “Neste exato momento eles têm um press release. Nós temos muitos milhões de clientes.”
“A Apple está vendendo zero telefones por ano. Neste momento estamos vendendo milhões e milhões e milhões de telefones por ano.”
Steve Ballmer, CEO da Microsoft, demonstrando sua criatividade ao comentar as iniciativas de Google e Apple na telefonia celular, para o IDG News Service e para a rede CNBC, respectivamente.

4 – “A abertura do departamento jurídico (que compartilhará dados de usuários do Orkut com a Justiça) é um reflexo do crescimento da empresa.”
Alexandre Hohagen, presidente do Google Brasil, relacionando a entrega de dados de usuários maliciosos à Justiça brasileira com o crescimento da empresa, não com problemas com sua rede de anúncios.

3 – “Nós estragamos tudo, mas estamos felizes com o que aprendemos com isto. Não repetiremos.”
Hector Ruiz, CEO da AMD, em encontro com investidores justificando resultados ruins da empresa em 2007.

2 – “Primeiro, eu queria esclarecer que não sou o Fake Steve Jobs.”
Bill Gates, fundador da Microsoft, em encontro com o real Steve Jobs. Semanas depois, descobriu-se que Fake Steve Jobs era Daniel Lyons, da Forbes.

1 – “É com você.”
Radiohead, ao pedir em seu site que usuário definisse o preço de “In Rainbows”, novo álbum da banda britânica lançado primeiramente pela internet.

Anúncios